quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Pequeno Pônei


Por sugestão do próprio Oscar Filho, resolvi contar algumas das nossas aventuras da infância e adolescência.

Certa vez, Oscar, Vivian (sua irmã) e eu fomos até o supermercado Barateiro pra comprar leite porque estava na promoção.

Quando vi Oscar pegando o maior carrinho de supermercado que havia, logo deduzi: “do jeito que é exagerado, vai lotar esse carrinho até a boca!”Ao invés disso, ele colocou apenas 1 caixinha de leite dentro.

Pegamos uma fila enorme no caixa. Aí, pra passar o tempo, Oscar resolveu aprontar uma das “suas”: começou a empurrar o carrinho de supermercado pra frente e pra trás, pra frente e pra trás... Como se embalasse um carrinho de bebê!

Não satisfeito, pegou a caixinha de leite “no colo” e disse carinhosamente:

- Não chora, filho! Não chora!

Todas as pessoas de todas as filas olharam em nossa direção. Duas garotas atrás da gente riram muito.

Nesse momento, roxo de vergonha fui até o carro, onde a Vivian estava esperando.

Muito, mas, muito tempo depois, o Oscar apareceu.

Vivian: - Pô! Você demorou!

Oscar: - Paulo, sabe aquelas meninas que estavam rindo atrás da gente?

Eu: - Sei.

Oscar: - Marquei um encontro com elas amanhã, as 3 (da tarde), aqui na frente do supermercado.


Quer dizer, as palhaçadas do Oscar, funcionaram como “isca” pras garotas.

No dia seguinte, chegamos de fusca azul as 14:45h.

3 horas... 3 e meia... 3:45h...

Nessa época, não tínhamos celular. Oscar passou o número do seu telefone fixo pras garotas, mas, esqueceu de pegar o número delas.

Quando o relógio apontou 4 horas, nossa esperança bateu as botas.

Isso aconteceu em MARÇO de 1999 (se não me engano).

Numa tarde de MAIO do mesmo ano, estávamos nós 3 novamente reunidos. Começamos a comentar sobre o dia em que tomamos “um bolo das minas do Barateiro” Daí, Vivian virou pra gente e disse:

- Puta que o pariu! Lembrei de uma coisa! Nesse dia do encontro, vocês acabaram de sair e umas meninas ligaram. Disseram que não poderiam estar lá as 3 e se não dava pra marcar pra mais tarde, tipo 4 horas.

Ou seja, nós não levamos bolo, nós demos o bolo nas minas.

Bem que naquele dia, eu tive a impressão de ouvir uns gritos de meninas, na hora que o Oscar acelerou o fusca azul pra gente ir embora.


Falando no fusca azul...

Oscar contou no seu blog que certa vez colocou 13 pessoas dentro desse fusca. E, graças a essa sua mania de querer bater recordes, quase que eu me ferro!

Há mais ou menos 10 anos, fiz dança de salão. Lá conheci uma garota, digamos assim... “oficialmente comprometida”. Certa vez, marcamos um encontro pra depois da aula de dança. Como a nossa turminha sempre saía depois da aula, ela e eu saímos de lá escondidos da galera.

Quando estávamos subindo uma rua rumo ao local do encontro, já bem longe do salão de aula, ouvimos uma buzina inconfundível. Era o Oscar passando de fusca, com pelo menos mais uns 7 dentro do carro!

Ainda nem era repórter, mas já era inconveniente!

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Aqui em Atibaia, havia uma danceteria chamada Atlanta. Numa certa noite, um amigo chamado Alex Moreno foi fazer uma apresentação de dança lá.

Oscar, Vivian, Ana Paula, eu e vários outros amigos estávamos na fila esperando para entrar.

Oscar virou pra mim e disse:

- Paulo, você conhece a Teoria da Invisibilidade?

“Lá vem merda!”

- Não.

- Você se concentra, acredita verdadeiramente que está invisível e ninguém te vê.


- Ah, Oscar, vai tomá no c...


- É sério. Quer ver?


O lazarento do Oscar fez uma cara séria e simplesmente entrou no Atlanta, sem ser notado pelos gigantescos seguranças.

Virei pra Ana Paula e disse:

- Dá certo porque ele é louco! Vai a gente tentar isso pra ver!

Pouco depois ele saiu, entrou novamente e ficou lá dentro. Livrando-se de pagar o ingresso, é claro!

Demorei muitos anos pra entender como ele fez esse truque.

Sabe por quê?

Porque muitas vezes, as coisas estão bem diante do nosso nariz e a gente não vê.

Principalmente se essa “coisa” tiver uma baixíssima estatura.

Tivesse um dos seguranças do Atlanta olhado pra baixo, pra apagar um cigarro, por exemplo, e o Pequeno Pônei teria sido descoberto!


70 comentários:

  1. PS

    Adorei o post! Ri demais, imaginando o Oscar embalando uma caixa de leite.
    Ah e hoje não é mais Barateiro...é Compre Bem!
    hahahaha
    Imagino também como é colocar 13 pessoas em um carro...melhor dizendo,em um fusca. E um fusca azul! Isso é possivel? Mas o Oscar conta como meio, então tecnicamente foram 12,5 pessoas.
    kkkk
    Tadinho, ele nem é tão baixinho assim. É só 7 cm menor que eu! E na foto que estou com ele parece que é do meu tamanho!

    Nossa a Atlanta é antiga hein. E o Oscar ainda conta a história da "cagona" que ele deu pra uma menina até B. J. Perdões.

    Conte mais sobre o passado de vocês, vc deve ter muitas histórias!

    Parabéns!

    Bjos Karen

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    eu demais agora!!
    HIlário cara!
    o "da certo pq ele é doido" foi óteeemo!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. SAIHAOIHSOIHSAOIHSAOIHSAOIHAS, mto bom!

    ResponderExcluir
  4. Caraca... o pequeno Ponei é demais... amei suas histórias....
    Conte mais..
    Bjus
    Aninha _ Santa Catarina

    ResponderExcluir
  5. Hahahaha.... muito bom!
    A juventude sempre guarda nossas melhores histórias...

    ResponderExcluir
  6. nossa caramba adorei!e muito bom poder conhecer um pouco mais do oscar.mais 13 pessoas dentro de um fusca!MELS DELS imagina a cena!rsrsrsrs deve ter ficado muito engraçado.
    Parabéns adorei.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossa, show de boloa, é muito bom relembrar os velhos tempos, não é mesmo.
    Que tal marcar um encontro comigo em frente ao Barateiro???? rs
    Bjos Mi!

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkkkkkkkkk..tao pequeno, mas tao travesso!!!uahauhauhauhauhau:p

    ResponderExcluir
  9. rindo demais aqui... e o bolo nas meninas! ahahahaha imagina a cara de pastel dos 2 qd a irmã do oscar contou! ahhahahhahahaha

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    que figura! Ri muito com tudo.

    e a irmã dele não esqueceu de avisar, ela só demorou... kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. veeey muito doido quando crescer quero ser igual ao Oscar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    foda mesmo
    Beijao Túlio

    ResponderExcluir
  12. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Muitooooooooooo bom esse post.
    Esse Oscar hein? Fala sério.
    Tô no trabalho. Imagina ler isso tendo que se segurar pra não rir. Tá complicado.
    Huahuahuahauahuahauahauhu.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  13. AMEIIIIIIIIIIIIIIIII
    vc foram custosos heim principalmente o Oscar...
    hehehehehe
    o fusa azul oi otimo...
    ai tem ele?
    Bjus
    Ass: Gisely Silveira
    Twitter: parceriasdagisa

    ResponderExcluir
  14. Meu hahahaha o melhor post !!
    Como eu tenho o msm tamanho do Oscar eu vou tentar fazer essa da Teoria da Invisibilidade?
    E entrar nas baladas sem pagar!

    Agora eu tento imaginar o Oscar dentro de um fusca azul hahahahahaha, e me acabo de rir..

    Parabéns pelo post
    bjos

    ResponderExcluir
  15. Kara,só o Oscar mesmo viu!!!
    OBS:SEMPRE KI OUVIR GAROTAS GRITAREM OLHEM PRA TRÁS!!!
    Dá bolo imaginando ter levado um é paia!
    rsrs

    ResponderExcluir
  16. É cada caso q te acontece einh. Ser amigo do Pequeno Ponei não é facil.
    Bjos
    Dani BSF-ES

    ResponderExcluir
  17. hsuahsuahsua
    Nossa, muito bom! ;D
    Imagino eu ao lado dessa criatura, acho q eu já tinha morrido de rir na certa! rsrsrsrsrsrs
    Adoreeeei, parabéns pelo post!
    Beijão
    @thalii_moura

    ResponderExcluir
  18. pow muito filé, fico é imaginando esse menino na escola...aff peça rara rsrsrs

    ResponderExcluir
  19. Ja era fã dele.. agora sou ainda mais... hauhauha

    ResponderExcluir
  20. putz!! esse cara é ilário demais.. e depois dessas presepadas de sua vida eu o adoro mais ainda!!!

    te adoro, Oscar(pequeno pônei)!!

    ResponderExcluir
  21. Hahahahahha... completamente pirado. Ótimo!

    ResponderExcluir
  22. Nossaaaaa fiz xixi de tanto ri aqui ahuahuahuaha

    ResponderExcluir
  23. Clarindo - Vitória-ES25 de setembro de 2009 15:26

    Balançar a caixinha foi Hamilton!!!
    bôbo que nem eu mesmo.Talento puro!!!

    ResponderExcluir
  24. ele e pior q eu!! kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  25. Cara, que estratégia de marketing bacana essa sua e do Oscar. Isso que é a tal da "mídia espontânea". O Oscar já é seguido por um número considerável de pessoas, indica o seu blog, que não sei bem por qtas pessoas é visitado, os seus visitantes que não conhecem o Oscar passam a conhecer e segui-lo e os seguidores e fãs do My little ponney vão, pelo menos uma vez, visitar o seu blog. Cara, parabéns! Aproveite a fama que as redes sociais virtuais podem te oferecer!

    ResponderExcluir
  26. Karen, a história é tão antiga que o supermercado ainda se chamava Barateiro. rs!
    Não tinha pensado que o Oscar contava meio! rs!
    Com certeza, vou contar mais histórias das antigas.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  27. Thainã Ventura, isso de que "dá certo porque ele é louco" é sério! rsrs!
    Ele fazia coisas increditáveis quando se tratava de zoar!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  28. Aninha (Santa Catarina), vou escrever mais sim!
    Obrigado pelo toque e pelo comentário.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  29. Torrone, (gostei do nome, rs!)
    Vou postar mais sim.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  30. Letícia, concordo com você. É história que não acaba mais!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  31. Anônimo (entre Letícia e Michele Boto), o mais engraçado é que todo amigo que eu encontro diz que estava dentro do fusca naquele dia. Se fizer a conta, acho que passa de 50 pessoas. rsrs!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  32. Michele Boto, obrigado pelo convite, mas, peguei trauma de levar bolos. rsrsrs!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  33. Fany, o tamanho do Oscar é inversamente proporcional ao tamanho da sua maluquice!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  34. Kahzinha, nem me fale. Pensamos que a Vivian estava de brincadeira. Mas, era verdade. rsrs!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  35. Silvia S., é verdade, ela só demorou "um pouco". rsrs!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  36. Clary Mota, fiquei feliz de saber que você teve muita vontade de rir.
    Mas, fiquei preocupado, imagina se você não segura o riso e é demitida! rsrs!
    Abração!

    ResponderExcluir
  37. Gisely Silveira, infelizmente o fusca azul não existe mais. Se aquele fusca falasse, Meu Deus!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  38. Anônimo (entre Gisely e Larissa), obrigado pela visita!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  39. Larissa Basarin, pode ser que dê certo, então. rsrs!
    Com certeza era hilário vê-lo no fusca.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  40. Geovane, obrigado pelo conselho. Só tem um probleminha: hoje, eu sou casado. rsrs!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  41. Dani BSF-ES, o Oscar colocava a gente em cada situação... rsrs! Mas, o melhor é que a gente se divertiu muito!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  42. Thalita, com certeza! Conviver com o Oscar e outros amigos do mesmo estilo era risada na certa!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  43. Deyse, acho que se o Oscar aparecesse hoje nas escolas onde estudou, mesmo se não fosse famoso, ele seria reconhecido na certa. Aprontou muito! rs!

    ResponderExcluir
  44. Jeff Looko, com esse nome, talvez você conseguisse usar a "Teoria de Invisibilidade". rs!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  45. Anônimo (entre Jeff e nojornal), espere até ler o próximo poste sobre ele. rs!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  46. nojornal, aí você disse tudo! rs!
    Abração!

    ResponderExcluir
  47. Anônimo (entre nojornal e Clarindo), caramba, você tem computador no banheiro? rs!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  48. Clarindo, se você visse a cena da caixinha... Era de chorar de rir.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  49. Anônimo (entre Clarindo e Débora), valeu pela visita.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  50. Débora, muito obrigado pelo comentário. O Oscar sempre me incentivou muito a escrever. E se hoje eu tenho mais de 8.000 visitas em 5 meses de blog, ele tem grande responsabilidade nisso.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  51. Hahahaha...muito bom! Esse Oscar já causava até mesmo antes da fama,rs rs.Bju

    ResponderExcluir
  52. mto massa! histórias hilárias com amigos são impagáveis e ineskecíveis! adoooooooorooo!!!
    BH/MG

    ResponderExcluir
  53. Izabella, se abusar, aprontava até mais do que hoje. Mas, não causava tanto como hoje. rs!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  54. Miriam, é verdade. Histórias com amigos são inesquecíveis. Ainda mais, quando os amigos são "pirados" como o Oscar.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  55. Quando você vai postar mais coisas??? adoro le seus posts bjs da sua amiga quase famosa hauhauhauhaa


    Denise Néri.

    ResponderExcluir
  56. Denise, vou postar em breve o Pequeno Pônei - parte 2. Só tá faltando tempo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  57. Ê Paulo...ai se esse fusca falasse....kkkkk
    Adorei...relembrei de vários momentos....

    ResponderExcluir
  58. Elen, com certeza você estava no dia das 13 pessoas no fusca. rs!
    Conforme eu for lembrando das nossas histórias malucas, eu vou postando.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  59. nossa, paulo, não me lembro de nada disso, hahaha

    ResponderExcluir
  60. Vivian, eu juro que isso aconteceu! rs!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  61. "Principalmente se essa “coisa” tiver uma baixíssima estatura."
    kkkkkkkk ri demais aqui!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário!

Sugestões de postagem serão bem-vindas!