sexta-feira, 3 de julho de 2009

Nomes

Quando eu tava na 2ª série, costumava passar boa parte do recreio tentando descobrir se uma determinada criança da 1 ª série era menino ou menina.

Aquela criança era grande para sua idade, gordinha e tinha sempre o cabelo cobrindo os olhos feito um poodle de madame escovado. Seus trejeitos, ora eram suaves, ora estúpidos. Sua voz oscilava entre o agudo do Edson Cordeiro e o grave da Ana Carolina. Por mais que eu analisasse, não conseguia chegar a uma conclusão.

Quando já pensava que o enigma não teria solução, recebi uma notícia que reavivou minhas esperanças: um garoto da minha sala era irmão daquele assexuado ser.

O problema, porém, era que esse garoto da minha turma, era o João “O Terrível” como era conhecido por ser o mais maldoso e briguento aluno do período matinal. Imagina eu chegando pra ele e perguntando:

- João, como é o nome da sua irmã da 1ª série?

- Que irmã o que! –
enfurecido – Aquele lá é meu irmão... (a frase terminando em sincronia com a voadora na minha costela).
Definitivamente, perguntar pro João não era uma boa ideia.

O tempo foi passando e a minha dúvida em relação ao sexo daquela figura da 1ª série, só aumentava.

Um dia, no intervalo, tive a oportunidade que precisava pra matar essa dúvida. João e sua turma, incluindo seu irmão/irmã, me chamaram pra brincar de esconde-esconde. Fui me esconder atrás da cantina e, quando cheguei lá, dei de cara com a criança indecifrável. Aproveitei a situação e perguntei:

- Ei, qual é o seu nome?

- Darci.

No ano seguinte, eles mudaram de escola e o mistério continua até hoje.


-------------------------------------------------------------------------------------------------


Conheço várias pessoas que tem o mesmo nome.

Por exemplo. Quando alguém me fala sobre o Rafael, eu quase sempre pergunto: Qual Rafael? Meu primo, ou meu sobrinho?

Com Daniela é a mesma coisa: Daniela minha esposa, ou Daniela minha prima?

Essa é uma parte ruim de ter um nome bonito, porém, comum.

Isso não acontece com um amigo meu, por exemplo. O nome dele? DANIANDERSON. (Não digitei errado, é isso mesmo).

Se eu chegar pra alguém da minha cidade e perguntar:

- Você conhece o Danianderson?

A pessoa só tem duas respostas possíveis: SIM ou NÃO.

Com esse nome, não existe aquela história de: “Ele é filho de quem? Ele trabalha aonde?” Esse meu amigo, ou a pessoa conhece ou não conhece. É exato como a Matemática.

Esses dias, perguntei pra ele a origem desse nome. A história é tão comprida, que ele me mandou por e-mail. Dei uma resumida básica abaixo.

Quando a mãe de Danianderson estava grávida, havia uma tia dela, Filó, lá de Minas Gerais, que estava grávida também. Um dia, assistindo TV, tia Filó ouviu um nome diferente: DANIANDERSON. Reza a lenda que era o nome de uma atriz norte-americana. Um dia, quando tia e sobrinha conversavam por telefone sobre os nomes dos futuros filhos, decidiram que se nascessem meninas seria Patrícia, se nascessem meninos, Danianderson.

Isso quer dizer que meu amigo tem nome de mulher? Não!

Depois de quase causar uma pane na Internet após anos sentado na frente do computador buscando a origem do seu nome, sem sucesso, Danianderson decidiu desencanar e relaxar, assistindo um programa de TV chamado Mac Gyver. Pra sua surpresa, quando acabou o programa e ficou subindo aquelas letrinhas, ele pode ver que o nome do ator que faz o tal Mac Gyver é Richard DEAN ANDERSON.

Ele então concluiu que a velha surda da tia Filó, a trinta anos atrás, ouviu apenas o sobrenome da atriz americana e acabou pra abrasileirar para DANIANDERSON.

Se você ainda não conhece um DANIANDERSON, essa é a sua chance!
Ele, além de um grande amigo é um excelente biólogo, amante dos animais e autor deste blog aqui: http://www.danianderson.blogspot.com/






7 comentários:

  1. Tô rindo até agora com Darci! kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Putz, Danianderson??
    bem diferente....vc j´pa ouviu Adriadison?
    mto loco seu texto..adorei

    ResponderExcluir
  3. Ennnntãããããoooo...

    Puuutzz, ficou muito bacana o texto. Não sei se rio mais pelo meu próprio nom ou pelo da(o) Darci, hahaha.

    Bacana, bacana e valeu o link ao meu blog.

    Abração irmão e,

    Ficassim!!!

    PS: Faltou um "V" no nome no Mac Gyver, rs;

    ResponderExcluir
  4. Obrigado, Bárbara, pelos seus comentários e por ser uma fiel seguidora.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Você me mandou o texto sem "V", seu Danianderson!
    Bem que eu desconfiei...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Ju, Adriadson? Putz, esse é novo!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Puta Paulo, foi mals peo "V", rsrs

    Ficassim!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário!

Sugestões de postagem serão bem-vindas!